VY Canis Majoris vai desaparecer?

A VY Canis Majoris é uma estrela hipergigante vermelha, localizada na constelação de Canis Majoris, dentro da Via Láctea. Registrada a primeira vez pelo astrônomo francês Jérôme Lalande, no dia 7 de março de 1801. Com um raio de 1.400 vezes a do Sol, a VY Canis Majoris é uma das maiores estrelas conhecidas dentro da Via Láctea. Ela encontra-se a uma distância aproximada de 3.840 anos-luz da Terra.

As estrelas hipergigantes tem um brilho muito forte e perdem massa muito rápido. O brilho da VY Canis Majoris é cerca de 270.000 vezes mais forte que o Sol, sendo uma das hipergigantes mais luminosas já observadas. Estima-se que ela está perdendo uma quantidade de massa de cerca de 30 vezes a massa da Terra a cada ano. A matéria expelida pela VY Canis Majoris forma uma nuvem de gás e poeira ao seu redor, que será usado no futuro para a formação de novas estrelas. Ao final de sua vida ela explodirá, em um evento conhecido como supernova.

O tamanho

vy canis majoris vista da terra

O diâmetro dessa estrela corresponde a 1.976.640.000 quilômetros. Se fosse colocada no nosso sistema solar, sua superfície ficaria além da orbita do planeta Júpiter. Inicialmente os astrônomos estimaram o raio da estrela em 1.800 a 2.100 raios solares, o que tornou a VY Canis Majoris a maior estrela conhecida na época. Estimativas mais recentes dão um raio de cerca de 1.420 raios solares.

Sua explosão irá produzir uma quantidade consideravelmente maior de energia do que as supernovas regulares, bem como explosões de raios gama de longa duração, que estão entre os eventos mais energéticos observados no universo.

Quando a VY Canis Majoris explodir, ela pode liberar mais energia do que 100 supernovas padrão, bem como enormes quantidades de raios gama. A quase 4.000 anos-luz de distância, a estrela está muito distante da Terra para que sua explosão nos afete, mas sua explosão certamente destruiria qualquer vida que possa existir, em qualquer planeta ao seu alcance.

O Observatório Europeu do Sul (ESO), criou um vídeo que mostra a dimensão dessa estrela hipergigante em nossa Via Láctea.

Leia também:

A Terra está se afastando do Sol

Buraco negro gigantesco engole uma estrela por dia

A maior estrela conhecida

Por algum tempo, muitos consideraram a VY Canis Majoris como a maior estrela conhecida dentro da Via Láctea. No entanto, a maior estrela conhecida hoje é a UY Scuti, localizada na constelação de Scutum, mais ao centro da Via Láctea, com uma distância estimada em 9.500 anos luz da Terra.

Enquanto o raio da VY Canis Majoris é de 1.400 vezes a do nosso Sol, a UY Scuti tem um raio de 1.708 vezes da estrela de nosso sistema solar. Se colocada no lugar do nosso Sol, a UY Scuti chegaria além da orbita de Júpiter. Se considerarmos a nebulosa que envolve essa estrela, ela chegaria na orbita de Plutão. Mas esse título não é definitivo, pois ainda existem outras estrelas que precisam ser confirmadas o tamanho, para que se possa afirma qual delas é a maior

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *