Quem foi São Cipriano? A vida e obra do Santo

Você sabe quem foi São Cipriano? Cipriano foi um sacerdote romano que gostava muito de escrever. Também foi bispo de uma importante cidade antiga chamada Cartago entre 249 e 58.

Neste artigo vamos aprender um pouco sobre sua vida e sobre suas poderosas orações.

Quem foi São Cipriano: sua história e biografia

curiosidades

Nomeado Tascio, Cipriano nasceu no primeiro ano do terceiro século, na África. Seus pais eram ricos e deram-lhe boa educação e formação literária.

Vícios pagãos fizeram parte de sua vida. E quando se fala “vícios pagãos”, refere-se a tudo o que é ligado à magia branca e feitiçaria. São Cipriano possuía muitos poderes para praticar exorcismos, feitiços e similares. 

Mas, graças ao padre Cecilio, conseguiu transformar o curso de sua vida e existência. Converteu-se ao cristianismo, passou a praticar austeridade e ensinar muito sobre caridade.

Com o passar dos anos de estudo, foi ordenado padre, e posteriormente, tornou-se o bispo de Cartago. São Cipriano manteve-se firme em relação à sua autoridade episcopal, prevalecendo sua opinião na frente de cada um dos confessores. 

Entretanto, ele teve o poder da Igreja de Cartago até o ano de duzentos e cinquenta e sete. Logo após, sofreu o martírio pelos imperadores Valeriano e Galiano. Também foi perseguido por Cornélio, em Roma. 

Nesse mesmo ano, o procônsul Aspasion fez uma espécie de interrogatório com Cipriano. Confessando ser cristão, ele foi banido da cidade, indo se refugiar em Curubí.

E podemos nos questionar diante de tal situação: quem foi São Cipriano no meio desse povo? Um homem de fé cristã, que a reafirmou, mesmo sob perigo, por isso foi condenado à morte.

A morte de São Cipriano

fatos e curiosidades

O sacerdote, antes da execução, provou a generosidade que caracterizou sua vida. Seu carrasco soube quem foi São Cipriano quando este ordenou que lhe fosse dado vinte moedas de ouro, mas aí já era tarde demais.

Então, no dia 14 de setembro, o bispo faleceu decapitado. O incidente ocorreu em frente a uma grande multidão, entre fiéis e curiosos. Todos compareceram para admirar o grande exemplo que lhes deu o mártir.

Nesse momento, muitos devotos puderam ser vistos, chorando por sua morte, pedindo clemência por sua memória.

A história aponta que São Cipriano foi o primeiro bispo de derramar seu sangue na África. Isso ocorreu depois dos apóstolos, para defender e afirmar a sua fé cristã. Foi pela graça deste santo que o continente tornou-se cada vez mais aberto à leitura da Bíblia.

Em 16 de setembro de cada ano é celebrado o dia de São Cornélio e São Cipriano. 

Leia também:

Novena a São Cipriano

Saber quem foi São Cipriano é importante para entender como e porque os fiéis são devotos. Bom, a novena ao santo funciona se feita antes do seu dia central (16 de setembro). Também funciona em casos em que a assistência necessária com urgência.

Como o próprio nome diz, nove dias consecutivos são necessários para completar a novena dedicada ao dia de São Cipriano. A forma de praticar é feita da seguinte forma:

  • Primeiro, deve-se rezar o rosário;
  • Em seguida, faz-se uma oração preparatória, correspondente a cada dia da novena;
  • O pedido desejado é feito com muita fé;
  • Em seguida, finaliza-se o dia com uma oração final, com o compromisso de manter o pedido e São Cipriano em mente todos os dias.

Oração a São Cipriano

cipriano

Além de saber quem foi São Cipriano, você quer conhecer uma de suas orações mais poderosas? Ela pode ser feita a qualquer hora do dia, pedindo intercessão pelas causas urgentes.

Oh, seu santo mártir bispo Cipriano! Pergunto-me, livre de qualquer feitiço e cada pessoa má, porque és tão grande? É com o poder que lhe concedeu o Senhor, com a sua ajuda infinita, que tirará a todos das mãos do mal e do inimigo.

Você prometeu ajudar a todos os necessitados. Prometeu curar e proteger os marginalizados. Prometeu dar liberdade a todos àqueles que estão presos injustamente.

Você que é o consolo de todos aqueles que estão aflitos. Você que é o intercessor direto com o céu, com São Benedito de Palermo. Você é quem ajuda todos que vêm até você.

Você que em todos os momentos auxilia e dá abrigo aos seus fiéis que estão desamparados. Você provê companheirismo para os viajantes e solitários. Você é o consolo certo para todos aqueles que constantemente o animam. Quem, quando estiver aflito, orar e te invocar com toda a sua fé, terá a sua piedade e ajuda.

Sua virtude e qualidade é proteger todos os fiéis que o invocam e pedem sua ajuda. Oh, glorioso São Cipriano, eu (nome da pessoa) preciso urgentemente de você. Amém!

Santo Pai, em tuas mãos eu deixo cada uma das ações hoje. Peço-vos para guiar cada passo meu. Peço que me ajude em cada um dos objetivos que eu tenho. Peço que você mande para longe de mim cada inimigo mal-intencionado. Deixe-me continuar no caminho das bênçãos e da felicidade. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Leia também:

Reflexão

são cipriano pacto

Existem muitas controvérsias sobre o Batismo e a Penitência no terceiro século. Isso faz lembrar que a Igreja primitiva não tinha soluções prontas do Espírito Santo. E entender quem foi São Cipriano remete aos líderes e membros da Igreja na época de sua vida.

Eles tiveram que se mover dolorosamente através da melhor série de julgamentos que poderiam fazer. Precisavam agira dessa forma, na tentativa de seguir todo o ensinamento de Cristo. Não podiam se permitir serem desviados por exageros, para a direita ou para a esquerda.

Cipriano era uma mistura de bondade e coragem, vigor e firmeza. Ele era alegre e sério, de modo que as pessoas não sabiam se deveriam amá-lo ou respeitá-lo mais. 

Ele ponderou os ânimos durante essa controvérsia batismal. Seus sentimentos devem tê-lo preocupado, pois foi nessa época que ele escreveu seu tratado sobre paciência. Santo Agostinho observou que Cipriano expiou sua ira com seu glorioso martírio. 

Quem foi São Cipriano? Literalmente, um santo homem, com emoções e reações reais, pertinentes a todo ser humano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *