O pé de maçã de Isaac Newton continua vivo

Sim, o pé de maçã de Isaac Newton ainda está viva até os dias de hoje. Aquela mesma arvore, onde supostamente Newton estava, quando a maçã caiu em sua cabeça, fazendo o gênio da ciência descobrir as Leis da gravidade. Isso é cerca de trezentos e cinquenta anos depois do acontecido.

 

A história de Newton

isaac newton infoescola

Caso você não conheça essa história de Isaac Newton, vamos resumir ela aqui. No verão do ano de 1666, Newton estava em baixo de uma macieira, quando viu uma maçã cair (alguns dizem que a maçã caiu na cabeça dele).

A queda da maçã despertou sua curiosidade, fazendo-o indagar, porque as coisas caem, mesmo quando as jogamos para cima. Esse momento foi muito importante para a ciência a partir de então, pois nascia ali os pensamentos que iriam revolucionar o conhecimento na Física.

De qualquer forma, voltando ao acontecido, já se passaram trezentos e cinquenta anos e a macieira ainda continua crescendo.

Bastante incomum o fato de uma macieira está vivendo por tanto tempo. Não se tem como provar se essa era ou não a arvore na qual Isaac Newton estava de baixo. Mas, segundo relatos, apenas uma macieira existia naquele lugar, na época do acontecido.

Já no ano de 1816, uma forte tempestade arrancou a macieira do chão, mas algumas raízes permaneceram fixas, e enxertos conseguiram fazer essa arvore continuar viva, depois de quase sucumbir de vez.

A macieira de Isaac Newton já forneceu diversas mudas para vários países, que propagam a linhagem da arvore que ajudou a mudar o rumo da ciência. E em alguns lugares hoje, os filhos dessa arvore crescem.

Se você tiver interessado em ver a macieira de Sir Isaac Newton, ela ainda está crescendo no mesmo local de todos aqueles anos atrás, e pode ser encontrada em Woolsthorpe Manor, no Reino Unido.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *